Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2014

MEU JESUS DE BICICLETAS

Imagem
Conspiração, ou nenhuma consideração desse galho que espalha o ócio inimigo da labuta e da minha natureza    inventiva, cala-te e não respira, arranco-lhe a clorofila, folha, corto-lhe o braço, derramo sobre ti minha arte mais desprezível, o barro. Respira agora, quero ver se tu nasces lambuzado de meu pasto marrom, cago de cócoras, como um velho índio, descasco a mandioca de flecha e facão "é a concupiscência, oportunidade que cria a solidão" e faço de ti carvão, escravo, negro, queimo teus galhos por tentar impedir a coragem do mais alto funcionário dos correios. Feio, que falta de educação, prender a roda de minha obra com tuas raízes, com essa base torta que se espalha querendo, e quer, a árvore quer o céu, azul, anil, e se abre em copas, pura afetação, verde provocação e ainda dá o fruto, cai, desce daí árvore, cai, cai... ai. Que isso, é manga?  
Manga rosa, tu se atirastes em mim, então você vem daí!? Rosa amarela tens a cor da flor ou da febre, e é por isso que todo …