Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

A igreja de nossa senhora dos perfeitos * Ficção científica

Um padre reinventava o século xx e seus registros, pintando no teatro da capela um céu de anjos do século xv, misturando os tempos para criar uma atmosfera crítica como da poesia concreta que viu na revista, quando o cardeal entra na escura capela e critica:- Quer reinventar o tempo com as próprias mãos padre? -E por que não, estou pintando o tempo que eu acho justo. -É, mais um pouco depois do relógio de pêndulo compre um relógio de pulso e se sinta dono de seus próprios ponteiros e se o artista religioso pensa que é dono da pintura, também pensará que é dono do registro, vai querer reinventar seus sentidos até o infinito. -Que exagero cardeal, pelo tempo de minha pintura, sobre o tempo justo, eu apenas expresso opinião. -Mas a opinião que lhe cabe, que eu saiba, não é orientar através da arte e sim atender e os fiéis, que é a parte que lhe cabe. -Sim, e isso é mais do que um sentido, é uma ordem , mas eu não preciso descer do meu andaime, já que com o tempo: todo pecado se confessa…