Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

A duplicata /conto

Corri diante do espelho, tracei a refração certa da luz pontuando as distorções e medindo os ângulos, usei meu próprio nariz como triangulo reto e quem diria que o meu nariz, o mais feio, um dia me daria a solução da equação do objeto, multipliquei no meu computador quântico o gráfico de uma nova régua. torcida em linha reta, desviada, canalha, você sempre esteve aí, ai não trava, foi. Linda. Eu sabia. pausa o físico diante do espelho. Sua ótica, sua nova terra: esfera, elíptica, e mais velha, está descoberta. Num risco levantou o braço e armou o dedo indicador no ato, sem pensar nos riscos daquela viagem, e se não soubesse que a curiosidade científica é uma forma de fé, convicção por pura intuição, teve a certeza do principio daquele gesto, o caminho, então por que não segui-lo, seguiu. E a luz distorceu a alma do físico. mas pousou. É terra, é terra como era e sempre fora na minha serra. é sol, iluminando até arder os olhos. Montanhas repetidas, são verdes duplicatas de qualquer ge…

O velho ferreiro fetichista / Conto erótico

Imagem
É o fim dos tempos, pois se a dúvida move a sombra e o homem não sabe porque veio na casa de um velho ferreiro, pobre-coitado é o sol que já esfria, entre logo, entre meu caro jovem escudeiro, entre pela subserviência de tua falta de educação e de tuas fraquezas.  -E uma bela frase, senhor, mas como sabes que estacionei na porta. -Ora, eu vi o ir e vir de tua sombra, antes mesmo de anunciar sua derrota. -Eu não bati e não sofri nenhuma derrota ainda, senhor. -Vejo que não bateu, mas quanto a derrota... -Desculpe-me, senhor, o que me trás aqui é urgente. -Urge vossa fé que não move seu punho e não te anuncias. -Oh, perdão, sou apenas um jovem noviço que está em guerra e educação não é arma. -Então, meu jovem, tu não sabes de nada. -O que dizes, quer vencer uma guerra sendo uma jovem educada e donzela que bati na porta e se anuncia. -Eu já vi muitas mulheres anunciarem o corpo para o fim de uma guerra e de uma má educação. -Creio, senhor, que se uma mulher educar com o corpo faz uma li…